domingo, junho 20, 2021
Home Saúde É seguro faze...

É seguro fazer sexo durante a gravidez?

Sexo e gravidez são um grande tabu para o casal. Muitos deixam de ter as relações sexuais por medo de machucar o bebê, acelerar o parto, prejudicar a gestação e por aí vai.

Mas, a verdade é que se a gravidez não for de risco, o sexo está liberado do primeiro ao último trimestre.

Isso porque, fazer sexo, além de ser ótimo para a autoestima do casal, controla a ansiedade, melhora o humor, aumenta a produção de anticorpos na gestante, libera endorfina (um hormônio que gera sensação de bem-estar e ajuda a ter um sono mais profundo) e fortalece não só a imunidade, como a musculatura da vagina.

Ou seja, você não só pode como deve continuar a ter relações sexuais durante a gestação. Sempre que sentir vontade e desejo!

E, para falar sobre esse assunto, convidamos a Dra. Gisela Rodrigues Alves de Figueiredo, ginecologista do Hospital Santa Clara, para tirar todas as dúvidas e esclarecer tabus sobre sexo durante a gravidez!

Por que você deve fazer sexo durante a gestação?

Como falamos acima, ter relação sexual traz vários benefícios para as mamães e olha, fazer sexo durante a gestação pode ser ainda mais prazeroso.

Isso porque, é nesse período que aumentam os níveis de estrogênio e progesterona (hormônios femininos responsáveis por preparar o corpo da mulher para a gestação), como a lubrificação vaginal e o fluxo sanguíneo da região pélvica, o que predispõe excitações com maior frequência e orgasmos mais intensos.

Além disso, quando a mulher grávida tem um orgasmo, a ocitocina liberada no ato sexual desempenha papéis importantes na gestação, principalmente após o terceiro trimestre.

São eles: reduz a pressão arterial – que tende a aumentar nessa fase e se não controlada pode desencadear pré-eclâmpsia e induz contrações uterinas para o trabalho de parto.

“O sexo exprime o amor dos pais um pelo outro e esse sentimento é passado para o bebê, que recebe como um carinho a ele próprio. Isso quando existe respeito, amor e cuidado na relação. Por isso, é importante manter esse laço entre os pais durante a gestação”, explica Dra. Gisela.

Gravidez x Sêmen

Se o seu parceiro ejacular dentro da vagina, não há risco para o bebê, mas só se esse esperma for saudável e livre de IST ‘s (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Ou seja, deve-se tomar cuidados de higiene e prevenção para não transmitir nada ao bebê. A Sífilis, por exemplo, é uma doença que consegue infectar a placenta e o feto, e, este, pode sofrer sequelas e até risco de vida.

Quais cuidados você deve tomar ao fazer sexo na gravidez?

“Os cuidados necessários são: uso de preservativos – principalmente nos últimos meses onde já pode haver alguma dilatação cervical para não contaminar a bolsa amniótica – e também fazer o sexo com muita delicadeza sem força ou peso”, explica a ginecologista.

O bebê está protegido na cavidade uterina por uma espessa musculatura, pelo saco gestacional e pelo líquido amniótico que evitam qualquer contato dele com o pênis, que sequer encosta na parte externa do colo.

E, quanto às posições, devido as mudanças no corpo da mulher é necessário testar algumas novas posições, como de lado, para a gestante se sentir confortável e segura no momento do sexo.

Quando você não deve fazer sexo?

“As restrições são quando até o terceiro trimestre existir o risco comprovado de aborto. Quando os exames mostram insuficiência de progesterona ou sangramento uterino. Você só não pode ter relações sexuais quando há contraindicações feitas pelo seu obstetra. No final da gestação já pode ter intercorrências como placenta baixa, descolamentos parciais da placenta, trabalho de parto prematuro onde ter relações põe em risco a vida do feto”, alerta a doutora.

Confira alguns casos que exigem restrição de sexo durante a gestação:

  • Ameaça de parto pré-termo (prematuro);
  • Colo curto ou dilatado;
  • Placenta prévia;
  • Infecção;
  • Pré-eclâmpsia;
  • Sangramento vaginal (hemorragia vaginal);
  • Se houver sinais de parto (rotura de bolsa de águas);
  • Desconforto da grávida ou dores pélvicas

Seguindo as orientações médicas, você deve se privar desse ato durante um tempo para a sua saúde e do seu bebê.

Viu que sexo na gravidez não é um bicho de sete cabeças?! Mas vale lembrar que qualquer dúvida ou receio que você tiver, converse com seu parceiro e com seu médico.

Fonte: Dra. Gisela Rodrigues Alves de Figueiredo

https://hospitalsantaclara.com.br/categorias/saude-em-destaque/

Cristiane Guimarãeshttps://naoperdenao.com/
Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 20 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa. O blog é uma junção de tudo que ama e que acha válido de ser compartilhado. Seja bem-vindo a esta página que festeja a sua presença! Entre em Contato: [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
  • Android e muito mais

Postagens Populares

Comentários Recentes