domingo, junho 20, 2021
Home Destaque Medicina Germ...

Medicina Germânica conquista brasileiros no tratamento de doenças diversas

Método trata a origem das patologias considerando as emoções e a natureza

A Medicina Germânica, uma criação do alemão Ryke Geerd Hamer, está conquistando os brasileiros ao fazer uma abordagem que descobre a verdadeira origem da doença e trata os sintomas com base nas emoções que desencadearam a enfermidade e na natureza. Profissionais de diversas áreas da saúde, como fisioterapeutas, acupunturistas, entre outros, estão se especializando na Medicina Germânica – também chamada de Nova Medicina Germânica – e conquistando pacientes pela metodologia de cura.

A fisioterapeuta Karen Klocker, do Plunes Centro Médico, é formada no método criado por Hamer. Em Curitiba, onde atua, Karen apresenta a Medicina Germânica como uma das opções de tratamento e tem conquistado novos pacientes pela abordagem menos agressiva e mais humana.

“Este método considera que as doenças não são causadas simplesmente pelo mau funcionamento do corpo. Conversamos com o paciente para entender seus traumas, o histórico familiar, aspectos psicológicos e traçamos um mapa dessas emoções. Hamer explica cada doença dentro das Cinco Leis Biológicas e é por meio delas que a abordagem atua e funciona”, explica Karen.

As Cinco Leis Biológicas explicam as causas, o desenvolvimento e a cura natural das enfermidades, segundo princípios biológicos universais por ele mapeados. A primeira é a Lei Férrea do Câncer, na qual se estabelece uma percepção da psique, da área do comando cerebral e do órgão afetado. A segunda é a Lei das Duas Fases de Todas as Enfermidades, onde é possível identificar como se dá a evolução da doença e a resposta do corpo dividido em fases específicas.

A Lei do Sistema Ontogenético estabelece a relação de cada sistema de resposta biológica do corpo com a origem embrionária dos tecidos envolvidos e suas áreas de comando. A quarta é a Lei do Sistema Ontogenético dos microrganismos, na qual Hamer afirma que os micróbios atuam de forma independente e controlada pelo cérebro, contrariando Pasteur que identificou e provou a causalidade das doenças.

Por fim, a última é a Lei da Quintessência na qual tudo que acontece na natureza tem um sentido e a doença é parte de um processo com intenção de preservação da vida. Nesta Lei cada enfermidade tem um sentido biológico que age a nosso favor.

Apesar de ainda não ser reconhecida como uma prática tradicional, os especialistas que atuam com a Medicina Germânica lutam pela inclusão no rol do SUS (Sistema Único de Saúde), que já oferece terapias alternativas como aromaterapia, cromoterapia, hipnoterapia e terapia de florais.

Cristiane Guimarãeshttps://naoperdenao.com/
Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 20 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa. O blog é uma junção de tudo que ama e que acha válido de ser compartilhado. Seja bem-vindo a esta página que festeja a sua presença! Entre em Contato: [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
  • Android e muito mais

Postagens Populares

Comentários Recentes