sábado, julho 13, 2024
Início Site

Da fazenda para os palcos: a trajetória inspiradora de Haroldo Júnior no mundo sertanejo

0

Haroldo Júnior é um nome que vem ganhando destaque no cenário musical. Sua trajetória no mundo sertanejo é uma combinação de paixão pela música, talento e perseverança. Desde os primeiros acordes na fazenda até as primeiras apresentações, ele se destaca como um artista capaz de compor, cantar e encantar. Com muitos projetos no horizonte, Haroldo Júnior segue trilhando seu caminho, inspirando fãs e colegas de profissão com sua música autêntica e emocionante.

A trajetória de Haroldo começa ainda na infância, em uma fazenda, onde seu amor pela música foi cultivado. “Meu pai sempre mexeu com fazenda e gostava muito de música sertaneja, principalmente o sertanejo raiz. Aos 9 anos, eu já gostava de ouvir música no rádio”, relembra Haroldo, destacando a influência do programa “Viola, Minha Viola”, que assistia ao lado do pai.

A relação de Haroldo com a música se intensificou na adolescência. Aos 19 anos, ele aprendeu a tocar violão, e aos 23, iniciou seus estudos na viola. A transição de um ouvinte apaixonado para um músico talentoso foi natural e gradativa. “Sempre gostei, desde 9 anos de idade, mas foi só mais pra frente que comecei a aprender a tocar”, conta.

A composição entrou na vida de Haroldo em 2012. Inicialmente, ele compunha de forma amadora, escrevendo histórias imaginárias e sem grandes pretensões. No entanto, sua paixão pela composição cresceu, levando-o a buscar aperfeiçoamento. Durante a pandemia, Haroldo fez um curso de composição que transformou sua visão e prática musical. “Hoje, componho de forma mais profissional, observando o mercado e as necessidades dos artistas”, explica.

Com 19 composições liberadas, Haroldo já viu suas músicas serem gravadas por diversos artistas de diferentes gêneros musicais. Entre esses artistas, destaca-se Bruna Viola, uma cantora em ascensão com quem Haroldo colaborou recentemente. “Liberar uma música para a Bruna Viola foi uma alavancada muito grande na minha carreira como compositor”, afirma.

A carreira de Haroldo Júnior também é marcada por lançamentos significativos. Em 2015, ele gravou seu primeiro EP com sete músicas autorais, seguido por um CD em 2016, que incluía a faixa “Casinha Velha”. Em 2018, Haroldo gravou seu primeiro DVD, um marco em sua carreira. Este DVD, gravado no renomado estúdio TM Áudio, em Franca/SP, contou com 12 faixas autorais e destacou a música “Alô Moçada”, que chegou a atingir mais de um milhão de visualizações no YouTube.

Haroldo Júnior é um artista versátil, com um repertório que vai desde o sertanejo raiz até músicas românticas e dançantes. Ele se apresenta em diversos eventos, como festas particulares e eventos culturais da sociedade. Sua capacidade de adaptar seu show a diferentes públicos é uma de suas marcas registradas.

Além de sua carreira como cantor, Haroldo tem se destacado como compositor. Suas músicas foram gravadas por artistas de várias regiões do Brasil, incluindo Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Mato Grosso. Ele ressalta a importância das parcerias na composição, algo que aprendeu a valorizar após seu curso de composição. “Hoje, as composições de sucesso são todas feitas em grupo. No mínimo duas pessoas para mais”, comenta.

Olhar para o futuro é essencial para Haroldo Júnior. Ele está ansioso pela gravação do DVD da Bruna Viola, que incluirá sua composição “Obrigado João”, uma homenagem ao cantor João Carreiro. “Estou planejando ir à gravação do DVD, que será em Cuiabá, no mês de novembro”, revela. Além disso, Haroldo pretende continuar compondo e liberando novas músicas, sempre atento às tendências do mercado.

A história de Haroldo Júnior é um exemplo inspirador de dedicação e amor pela música. Com uma trajetória marcada por desafios superados e conquistas alcançadas, ele continua a emocionar e cativar o público com seu talento. Para seus fãs, Haroldo promete muitas novidades e músicas que continuarão a embalar corações.

“Olhar para trás e ver tudo o que conquistei me enche de alegria e gratidão. A música faz parte da minha vida e cada etapa dessa jornada tem sido uma experiência incrível. Estou muito animado com o que vem pela frente e ansioso para compartilhar mais do meu trabalho com todos, principalmente minhas novas composições que em breve estarão aí no meio musical, na minha voz e na voz de vários artistas que eu e muitas pessoas admiram. Agradeço de coração a todos que têm me apoiado e acompanhado minha trajetória até aqui. Vamos juntos, sempre em busca de novos sonhos e realizações!”, concluiu o cantor Haroldo Júnior.

Acompanhe Haroldo Júnior:

Telefone para shows: (34) 99163-5555

Instagram: @haroldojroficial

Facebook: Haroldo Jr

YouTube: Haroldo Jr

Site: www.haroldojr.com.br

Planejamento patrimonial ou sucessório? Na verdade, os dois!

0

Preocupar-se com o presente, o agora, é algo inerente a qualquer empresa. Até porque são as decisões deste instante, do hoje, que ajudam a determinar o amanhã. Mas essas preocupações, que evidentemente fazem parte da rotina corporativa e da vida de qualquer coisa submetida ao tempo, acabam muitas vezes tornando mais obscuros os projetos de longo prazo. Inclusive o processo de sucessão, no caso das empresas familiares. Em outras palavras, a “transmissão do bastão” para outros membros da família não apenas é uma etapa esquecida como também desprezada.

Convivendo com centenas de empresas familiares, muitas delas bastante consolidadas, é perceptível como os planos de médio e longo prazos restringem-se a estudar apenas os meios de melhorar a performance produtiva, administrativa e financeira da organização. Discutem-se expansões, balanços, investimentos, fusões, contratações etc., mas ignoram os riscos de morte ou de desligamento de algum membro do alto escalão.

Quando ocorre o inesperado é que os sócios se dão conta de que algo precisa ser feito, e de forma emergencial. Uma decisão que poderia ser planejada e preparara para ser executada em muitos anos se torna uma medida urgente, fazendo valer a máxima de que “tempo é dinheiro” – nesses casos, mais tempo acaba significando menos dinheiro, razão pela qual é preciso fazer escolhas, no calor do desespero.

O lado bom é que muitas empresas estão se dando conta, por experiência própria ou por assistir outros casos, de que é providencial investir o quanto antes num planejamento sucessório. Essa medida consiste em estabelecer regras muito bem definidas para o processo de transferência do comando das organizações para as próximas gerações, que passam pela condução e pela sobrevivência do negócio. Mas não se trata somente disso.

Esse procedimento geralmente é realizado atrelado a um planejamento patrimonial, especialmente por meio das chamadas holdings familiares. Esse procedimento consiste, geralmente, em converter todos os herdeiros diretos da família em quotistas de uma grande organização, na qual se inserem patrimônios que vão desde as empresas, os bens duráveis, como imóveis e veículos, até a objetos considerados de valor inestimável.

A partir do falecimento ou do afastamento do proprietário ou mesmo de um dos herdeiros, cumprem-se os critérios pré-estabelecidos no planejamento executado. O planejamento sucessório, portanto, casa perfeitamente bem com o planejamento patrimonial, embora ambos sejam de certa forma independentes entre si. Mas, no caso de empresas administradas por uma família, fica mais clara a importância de se lançar o foco sobre essas duas estratégias.

Compete ressaltar que essas medidas, quando efetivamente colocadas em prática, dão celeridade aos processos de sucessão e também de partilha dos bens, além de reduzirem os custos para transferência. Até porque, nesses casos, o inventário geralmente é evitado, uma vez que todo o patrimônio a ser partilhado estará registrado em nome da holding, que terá como sócios os próprios herdeiros.

Desprezar as possibilidades legais por trás desses planejamentos é desprezar um problema que inevitavelmente virá à tona no futuro e demandará soluções menos adequadas, mais onerosas e geralmente turbulentas. Mas é importante também ressaltar a necessidade que tais planejamentos sejam realizados de forma adequada e segura , para que as previsões contidas nesses planejamentos não sejam objeto de desavenças e nulidades. Os escritórios de advocacia especializados em direitos patrimonial e sucessório são os mais adequados para isso. Vale o investimento? Sem dúvidas, a resposta é sim! Pois as consequências para os sucessores de quem não toma essa decisão e os demais envolvidos, como sócios, por exemplo, costumam ser muito, onerosas conturbadas e desgastantes.

A autora é Mariella Bins Santana, advogada do escritório Montalvão & Souza Lima Advocacia de Negócios – _contato@msladvocacia.com.br_

Viagens e pacientes em quimioterapia: combinação pode ser perigosa para a saúde

0

A temporada de férias está oficialmente aberta. Com a chegada do mês de julho, famílias se preparam para o tradicional recesso do meio do ano. Seja viajando à praia, ao campo ou ao exterior, a certeza é de encontrar aeroportos, estradas e lugares turísticos com uma movimentação mais intensa do que de costume ou mesmo pontos de aglomeração. A situação já é esperada para o período, mas serve de alerta para pacientes que estão recebendo quimioterapia.

Afinal, quem está em tratamento contra um câncer pode ou não viajar durante as férias?

Para o médico hematologista Guilherme Muzzi, que é especialista no tratamento de cânceres relacionados ao sangue, a liberação de um paciente para viagens requer uma análise rigorosa. “Todas as pessoas que estão tratando um câncer têm uma característica em comum: a baixa da imunidade. Isso significa que o paciente tem a sua barreira de proteção contra infecções comprometida, fazendo com que ele esteja mais propenso a contrair vírus e bactérias”, explica.

O médico esclarece que na maioria das vezes o ideal é evitar viagens, sobretudo, quando o paciente está recebendo uma quimioterapia mais forte. “Nessa situação a defesa está ainda mais fraca e as chances de acontecerem complicações é grande. No geral, a liberação para passeios longe de casa é incomum. Não vale o risco”.

Guilherme Muzzi faz recomendações importantes aos pacientes que são liberados para viagem. “Não viaje de avião. O espaço é restrito, concentra um grande número de pessoas a poucos metros de distância e é um ambiente de difícil socorro caso aconteça algo. Além disso, evite ir para lugares que ficam cheios durante o período de férias escolares. Por fim, é imprescindível evitar aglomerações e espaços fechados. Caso transite por algum desses locais, use máscara e leve consigo álcool em gel”, pontua o médico.

O hematologista finaliza esclarecendo como tornar a viagem mais segura. “Prefira distâncias mais curtas. Vá para lugares mais tranquilos, com passeios ao ar livre e que não estejam cheios nesta época do ano. Além disso, o paciente só pode se deslocar caso exista uma rede de apoio para auxílio. As principais recomendações são cuidado e precaução. Proteger-se nunca é demais. Caso possa evitar viagens durante o tratamento do câncer, faça. É mais seguro e previne a ocorrência de riscos desnecessários”.

Hábitos saudáveis podem favorecer tratamento contra o câncer

0

Cuidados com corpo, mente e alimentação durante período de tratamento do câncer são aliados para a recuperação da doença e manutenção da saúde após a cura

Os hábitos saudáveis podem ser grandes aliados de pacientes em tratamento contra o câncer. Nesse sentido, o próprio Instituto Nacional de Câncer (INCA) tem sua cartilha Estilo de vida saudável durante e após o tratamento de câncer. Realizar atividades físicas e melhorar a alimentação durante o tratamento são algumas das orientações presentes no compilado desenvolvido pelo órgão do Ministério da Saúde.

Um estudo da Universidade Federal de Sergipe (UFS) que analisa a influência da saúde mental durante o tratamento de pacientes com câncer de mama corrobora para a tese de que o cuidado com mente, corpo e alimentação são importantes vetores para a melhora desse tipo de doença. De acordo com a pesquisa, pacientes que possuíam acompanhamento psicológico durante o tratamento oncológico mantiveram maior funcionalidade psíquica se comparado àqueles sem adesão ao serviço de psicologia.

A apresentadora de TV Melissa Paula, que já foi diagnosticada duas vezes com câncer de mama, declara ser prova viva de que essa relação existe. “A luta contra o câncer faz parte da minha vida há alguns anos e cuidar do meu emocional foi o que me salvou de um abismo que poderia ser ainda maior desde que recebi meu primeiro diagnóstico”, relata a apresentadora do Programa Saber Viver, da TV Alterosa.

“O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, ficando atrás apenas do câncer de pele. Ele pode se apresentar de várias formas, sendo o nódulo, ou massa ou caroço, a forma mais recorrente. O diagnóstico precoce, principalmente através da mamografia, aumento muito as chances de cura, aumentando a sobrevida das pacientes, facilitando o tratamento e reduzindo as possibilidades de metástases, que é o aparecimento do tumor em outros órgãos do corpo,” explica o médico Marco Antônio Abrahão Reis, médico mastologista e coordenador do Serviço de Mastologia do Hospital Felício Rocho.

“Medo, angústia e stress foram os primeiros sentimentos que vieram à tona com a descoberta do meu câncer de mama. Em seguida, veio o baque na autoestima, já que os seios são parte da nossa identidade de mulher e acabei optando pela mastectomia completa, ou seja, retirei toda a minha mama. Hoje vejo que foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado”, explica Melissa Paula. “O acompanhamento psicológico, a procura por manter hábitos saudáveis e a fé foram e são meus grandes aliados durante essa jornada pela vida”, conclui a apresentadora.

Para a médica Consolação Oliveira, que é especialista em nutrologia, fisiologia hormonal e medicina ortomolecular e que também passou pelo câncer de mama, o cuidado com a alimentação e com outros hábitos saudáveis são premissas a serem levadas em conta do diagnóstico até o fim da vida.

“O fato de um paciente precisar implementar hábitos saudáveis na sua rotina e controlar a alimentação desde que descobre uma doença como o câncer não é necessariamente algo ruim. Pelo contrário, a alimentação e o combate ao sedentarismo são oponentes importantes ao câncer e podem, inclusive, ajudar para a sonhada remissão da doença”, esclarece a médica.

Segundo Consolação Oliveira, evitar o açúcar e inserir verduras e legumes são ações eficazes. “Cortar o açúcar é uma tarefa simples que ajuda a desinflamar e melhorar o funcionamento dos órgãos. Além disso, descascar mais frutas, legumes e verduras e desembalar menos industrializados é essencial para fortalecer a imunidade de quem está tratando o câncer. Nesse momento, suplementar o corpo e ingerir vitaminas e nutrientes indicados pelo médico de sua confiança de acordo com a análise dos exames laboratoriais são comportamentos capazes de auxiliar na melhora do quadro e, eventualmente, na cura”, completa.

A especialista pontua que uma boa saúde pode ajudar na longevidade. “Viver mais é um anseio de pessoas com e sem câncer, mas chegar lá com qualidade de vida e disposição é o grande desafio. Exercitar-se e cuidar da alimentação é um bom caminho para isso, além de contribuir para que o paciente não tenha recidiva da enfermidade”.

Alimentação saudável é aliada no tratamento de outras doenças

Ainda de acordo com a médica Consolação Oliveira, a alimentação também é peça fundamental durante o tratamento de doenças crônicas, por exemplo. “Artrite reumatoide, Tireoidite de hashimoto, Síndrome de Sjogren e a Vasculite são doenças que não têm cura, mas têm tratamento, e a melhora dos pacientes com esse tipo de enfermidade passa pelo cuidado com a alimentação. Além disso, condições como a fadiga da supra renal são amenizadas a partir de um plano alimentar pensado por um médico especialista”, completa a médica.

Todavia, a prevenção ainda é a melhor forma de reduzir os riscos de ter câncer de mama. “Atividade física regular e hábitos alimentares saudáveis ajudam a reduzir a incidência e melhoram o prognóstico das pacientes que são diagnosticas com câncer de mama. Manter um rastreamento periódico com especialista permite um diagnóstico precoce e reduz a mortalidade associada ao câncer de mama. Já a Sociedade Brasileira de Mastologia orienta que todas as mulheres, com risco habitual, devem começar a realizar mamografia aos 40 anos e, para aquelas com risco aumentado, como quem tem história familiar positivo, é importante um acompanhamento especializado e apropriado de acordo com cada perfil”, conclui o médico do Hospital Felício Rocho.

Eighteen: Wallace Safra critica o estereótipo do personagem LGBT+ no cenário artístico

0

Quinta-feira é dia oficial de ‘Eighteen’ e ontem (11), tivemos o prazer de acompanhar mais um episódio de sucesso do programa digital que vêm se consolidando como um fenômeno nas redes, somando uma audiência de mais de 200 mil espectadores, que destaca a importância de trazer luz à personalidades e instituições da comunidade LGBTQIAPN+. O apresentador Wallace Safra (@wallacesafrarj), que nos surpreende a cada semana com convidados incríveis e looks icônicos, recebeu no episódio de ontem o ator Theo Nogueira (@theonogueira).

Theo, que já atuou em produções importantes como “Malhação”, “Babilônia” e “Verdades Secretas” da Rede Globo, teve a oportunidade de compartilhar ao vivo um pouco mais sobre seu trabalho e os bastidores de sua preparação. Recentemente, o ator esteve em cartaz com a peça “Todo Chapéu Me Lembra Você”, onde contracenou com Carmo Dalla Vecchia. Durante o programa, Theo revelou o maior desafio de mergulhar nessa obra: “Eu acho que o maior desafio foi decorar, porque são só dois atores, 47 páginas, 10 cenas…”. E também compartilhou o segredo para memorizar as falas: “O Carmo tem uma técnica maravilhosa, que é começar pelo começo e depois pelo final, encontrando-se no meio sem se perder”, disse Theo.

Durante a conversa, Wallace e Theo trocaram sobre a exclusão da comunidade LGBT+ no cenário artístico, e da construção de estereótipo de personagens LGBTs: “Durante muito tempo a gente teve uma exclusão dos atores LGBT+, de tornar público a sua sexualidade por uma questão de como o público enxergaria esse ator, ele perderia alguns papéis, existem várias questões. E existe uma questão de estereótipo do público, principalmente na TV aberta, do caricato, do engraçado, que é maravilhoso… mas existem várias formas de ser LGBT+, essa pluralidade é muito legal mas ao mesmo tempo que a gente não se resuma somente à um personagem engraçado, caricato… ele pode ser o que quiser, porque existem pessoas LGBTs de todas as formas, raças e cores” disse Wallace.

A participação de Theo Nogueira no ‘Eighteen’ destaca a importância da diversidade em todas as esferas artísticas, ressaltando como a visibilidade e valorização da comunidade são essenciais para seu contínuo destaque na sociedade. O impacto positivo do programa digital “Eighteen” tem sido crucial ao agregar conteúdos relevantes e de qualidade nas redes, aumentando a visibilidade e amplificando as vozes da comunidade LGBTQIAPN+. Isso demonstra o compromisso do programa, que vai além do entretenimento, promovendo conscientização e apoiando campanhas importantes para a construção de uma sociedade mais justa e representativa.

Continue acompanhando o programa pelas redes e plataformas digitais de Wallace Safra (@wallacesafrarj), que fica disponível também em áudio e vídeo no Spotify. Todas as quintas-feiras até setembro temos um encontro marcado às 20h no Instagram de Safra, não perca!

Onde:
Instagram – @wallacesafrarj
Youtube – Wallace Safra
TikTok – @wallacesafra
Spotify – Wallace Safra Oficial

Assessoria de comunicação: WSM/ @‌wsmcomunicacao
Produção executiva: Casa Rio / @‌casariobr
Fotografia: Andre Queiroz / @euandrequeiroz

Bruxo Luiz de Lúcifer: Despertando o Poder Interior e a Coragem Espiritual

0

 

Bruxo Luiz de Lúcifer, uma figura respeitada e reconhecida internacionalmente, dedica sua vida a ajudar pessoas a encontrar alívio emocional e espiritual. Sua trajetória é marcada por poder, coragem e uma profunda compaixão, guiando inúmeras pessoas em suas jornadas de transformação. Além de sua atuação espiritual, Luiz é um empresário bem-sucedido, equilibrando perfeitamente sua carreira empresarial com sua missão espiritual.

Cuidar da espiritualidade é crucial, e Luiz de Lúcifer, através do culto da Quimbanda, desmistifica preconceitos antigos. A Quimbanda é uma prática libertadora que ajuda a remover espíritos obsessores e desbloquear caminhos. Este culto não oferece soluções instantâneas, mas sim uma jornada de autoconhecimento e crescimento espiritual.

Indivíduos de todas as esferas sociais, incluindo artistas e celebridades, procuram os rituais de Quimbanda que é uma das ramificações da feitiçaria brasileira. Luiz de Lúcifer mantém a integridade do culto, evitando misturas com outras práticas religiosas, e ensina que a solução para problemas amorosos muitas vezes está na redescoberta do próprio valor e em bons conselhos.

Além de sua atuação espiritual, Luiz de Lúcifer é um empresário que não depende exclusivamente da religião para viver. Ele dedica-se a cuidar de seus filhos e dos adeptos iniciados por ele, tanto no Brasil quanto no exterior. Em sua agenda disputada, ele encontra tempo para atender alguns consulentes que o procuram, oferecendo orientação espiritual e emocional em momentos de necessidade.

O trabalho discreto e eficaz de Luiz de Lúcifer faz dele uma referência no culto da Quimbanda Luciferiana no Brasil. Sua inteligência e dedicação permitiram que outros praticantes exercitassem sua espiritualidade livremente, promovendo uma verdadeira transformação pessoal,em uma época que falar de Quimbanda era difícil por causa do preconceito estrutural que existe no Brasil.

Entre em contato e conheça melhor o trabalho do Bruxo:

Instagram: @Bruxo_luiz
E-mail: mestreluizdelucifer@uol.com.br
WhatsApp : +55(27)99813-5927

 

Começa sexta-feira no Sana, o Maior Evento de Adoção de Animais do Ceará

0

Na compra do seu ingresso social causa animal, você estará doando 1kg de ração que será encaminhado para animais em situação de vulnerabilidade.

Promovido em uma parceria da Fundação Cultural Nipônica Brasileira (FCNB) com Bichomania Petshop e Cliniva Veterinária e o Instituto Bichomanio, o Evento de Adoção Bichomania & Sana que é hoje um dos maiores do Nordeste, será no Centro de Eventos, durante o Sana, nos dias 12,13 e 14 de julho. Serão seis instituições de acolhimento de animais envolvidas na ação: Causa Pet, Lar Tintin, Protetores Bola de Pelo, Abrigo Pichano, Abrigo da Estela, Animais Universitários e vários protetores independentes.

A pauta mais importante do evento é a defesa pela adoção responsável, tendo como objetivo promover a causa animal, incentivar a adoção de cães e gatos carentes, resgatados das ruas e ajudar ONGs que protegem animais. Os pets resgatados receberão uma série de cuidados para ficarem aptos à adoção solidária e responsável. Estão apoiando o evento: Secretaria de Proteção Animal do Ceará (Sepa), Royal Canin, Dec Vet Distribuidora, Bravecto e Vetnil.

O organizador do evento, Felipe Ribeiro, que é presidente do Institudo Bichomania e coordenador do Departamento de Cuidado anima da FCNB, diz que é o único evento de adoção com veterinário no local e entrega os animais vacinados com vacina anti-rábica, vermifugados, já com teste de Calazar feito no evento, encoleiramento antiparasitário para os que tem idade apta, feito pela Sepa, e com garantia de castração pela Sepa para animais adotados.

“Amo e cuido dos animais desde criança. Acredito que o dever social do empresário do segmento pet é com a causa animal. O evento também conta com o site adotapetce.com.br, idealizado por mim em 2020 para ajudar a ONGs na época da pandemia, e agora requalificado e que será relançado no evento, que permite aos interessados conhecer e ter informações dos animais disponíveis para adoção no Sana de forma antecipada, facilitando o processo de adoção.”, explica Felipe Ribeiro da Bichomania.

O Maior Evento de Adoção do Ceará é uma iniciativa que visa não apenas promover a adoção responsável de animais, mas também sensibilizar a sociedade para a importância de cuidar e proteger os animais. Com a participação de diversas entidades e empresas engajadas na causa animal, o evento tem potencial para transformar a vida de muitos animais, proporcionando-lhes um novo lar e uma segunda chance. Ao longo das edições, já foram contabilizadas 301 adoções e mais de três toneladas de ração encaminhadas para ONGs e protetores parceiros.

O que precisa para adotar?

Para adotar um animal durante o evento, os interessados devem passar por uma entrevista de avaliação de perfil, assinar um termo de adoção e apresentar documentos como RG, CPF e comprovante de residência. É importante ressaltar que é necessário ser maior de 21 anos ou estar acompanhado por um responsável.

Sindpan homenageou destaques da panificação cearense e parceiros do setor na 21ª FESTPAN

0

O evento teve apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), do SENAI Ceará e do Sebrae Ceará.

Na última sexta-feira, 5, o Sindpan promoveu a 21ª edição do FESTPAN no Palatium Buffet, em homenagem ao Dia do Panificador, 8 de julho. A festa tradicional foi uma oportunidade para reconhecer e celebrar os panificadores e parceiros que têm contribuído para o desenvolvimento da indústria de panificação no Ceará. Com aproximadamente 800 convidados presentes, o evento contou com a participação de empresários, autoridades e personalidades do setor industrial cearense.

Durante a cerimônia de celebração, foram concedidos prêmios aos destaques da indústria da panificação no Ceará.
Destaque especial para a categoria “Amigo da Panificação”, que homenageou o Presidente da Abip, Paulo Menegueli, e o Vereador de Fortaleza, Márcio Martins, que estiveram presentes na cidade para receber as merecidas honrarias.

Além disso, foram entregues os prêmios de: Padaria do Ano (Padaria Art Pão – Alexandre Campos Machado e Cinthia Campos Machado); Padaria Destaque do Interior (Padaria Nossa Senhora de Fátima de Russas– Carlos Franco); Panificador Emérito (Em Memória de Antônio Carlos de Carvalho Malheiros – Casa Plaza); Confeitaria do Ano (Tortelê – Diogo Padilha e Ana Carolina); Fornecedor do Ano (M. Dias Branco – Ari Martins); e Melhor Panetone do Brasil (Cheiro do Pão – Bruno Malheiros).

O Presidente do Sindpan, Alex Martins, celebrou o Festpan 2024, comentando sobre a importância da colaboração de todas as pessoas e instituições envolvidas no apoio ao desenvolvimento do setor de panificação ao longo do ano.

“O Festpan já acontece há mais de 20 anos e é uma festa tradicional, onde celebramos o Dia do Panificador, que é dia 8 de julho. Por isso, o evento tem um significado muito grande para os panificadores. Representa uma transição, algo melhor que está por vir no segundo semestre, já que ocorre sempre em julho, no meio do ano, e temos grandes expectativas para o setor. A festa é grandiosa, com mais de 800 convidados. O setor de panificação tem se desenvolvido bastante, e o sindicato promove muitos eventos. Essa festa é significativa como um marco durante o ano, porque geralmente o segundo semestre melhora para os panificadores”.

Fora dos momentos de premiação, a festa foi movimentada pela exposição de produtos e serviços nos estandes dos patrocinadores: M. Dias Branco, J. Macêdo (Dona Benta), Grande Moinho Cearense (Dona Maria), Supergrasbras, Isis Laticínios, Ultragaz, Ades, Opção Distribuidora, BUNGE, Bellatrigo, Casa do Trigo e Santa Clara.

Elba Ramalho e Geraldo Azevedo – Um Encontro Inesquecível em Uberlândia

Cada par de ingresso pode ser adquirido mediante troca de 4 kg de alimentos não perecíveis que serão encaminhados para o Sesc Mesa Brasil, programa que atua para a promoção da segurança alimentar e nutricional de pessoas em situação de vulnerabilidade.  
Município de grande importância econômica e cultural para Minas Gerais, Uberlândia receberá uma edição do Sesc Mesa Brasil Musical no dia 31 de julho (quarta-feira), com apresentação de Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. O show acontecerá no Centro de Convenções do Center Shopping (Center Convention), às 20h.
O Projeto – desenvolvido pelo Sistema Fecomércio MG, por meio do Sesc em Minas – une música e solidariedade, proporcionando ao público o acesso a shows de artistas renomados e arrecadando alimentos para o Programa Sesc Mesa Brasil.
A cidade do Triângulo Mineiro será a segunda do interior do estado a receber o Mesa Brasil Musical. O evento celebra os 10 anos da inauguração do Sesc Mesa Brasil em Uberlândia, que potencializou ainda mais a sua atuação no combate à insegurança alimentar na região.
Sobre os artistas
Com mais de 40 anos de amizade e parceria musical, Geraldo Azevedo tem orgulho de afirmar que Elba Ramalho é a cantora que mais interpretou suas composições. Juntos, gravaram quatro edições do Grande Encontro, viajaram pelo mundo, venderam milhares de discos e ganharam muitos prêmios.
Consolidados como dois dos nomes mais importantes da MPB, a dupla segue na ativa com o show “Um Encontro Inesquecível”, cujo repertório inclui seus principais sucessos. Em Uberlândia, estarão acompanhados pelos músicos Marcos Arcanjo (guitarra e violão), Mestrinho (acordeon), Ney Conceição (baixo) e Anjo Caldas (percussão).
Reserva e retirada de ingressos
O par de ingressos deve ser adquirido de forma solidária, em troca de 4 kg de alimentos não perecíveis (exceto sal e fubá), que serão destinados ao Sesc Mesa Brasil e posteriormente distribuídos para as entidades sociais cadastradas no Programa.
A troca deve ser feita no Sesc Mesa Brasil Uberlândia (rua Paschoal Bruno, 698 – Bairro Santa Luzia), mediante reserva no site Sympla, respeitando as datas e os prazos estipulados. Os ingressos são limitados a um par por pessoa e a disponibilidade está sujeita à capacidade do local.
Os períodos para reserva e retirada dos ingressos serão para:
Trabalhadores e trabalhadoras do Comércio de Bens, Serviços e Turismo: reserva de ingressos no Sympla a partir das 12h do dia 15/7. Troca de ingressos de 16/7 a 19/7, das 9h às 17h, no Sesc Mesa Brasil Uberlândia. Na hora da retirada, é preciso apresentar o Cartão do Cliente Sesc válido.
 
Público geral: reserva de ingressos no Sympla a partir das 12h do dia 22/7. Troca de ingressos de 23/7 a 26/7, das 9h às 17h, no Sesc Mesa Brasil Uberlândia.
Para retirar os bilhetes, é necessário apresentar o CPF de quem fez a reserva e o comprovante, impresso ou na tela do celular.
Atenção: somente a reserva não garante acesso ao show. E alimentos fora do prazo de validade e vendidos a granel não serão aceitos.
Conheça o Mesa Brasil Musical
Para combater a fome, o Sesc Mesa Brasil conta com uma rede de parceiros e desenvolve diversas estratégias para ampliar a distribuição de alimentos e reduzir o desperdício. Como parte desses esforços, em 2014 foi criado o Projeto Mesa Brasil Musical. A iniciativa uniu dois propósitos: promover o acesso à cultura e ao entretenimento, proporcionando ao público o acesso a shows de artistas renomados; e arrecadar alimentos que são destinados a instituições sociais cadastradas que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social.
Entre 2014 e 2019, o Mesa Brasil Musical levou ao palco do Sesc Palladium nomes da música brasileira, como Adriana Calcanhotto, Alceu Valença, Fafá de Belém, Jorge Ben Jor e Zélia Duncan. Após uma pausa, foi retomado em setembro de 2023 e, desde então, promoveu apresentações memoráveis no Sesc Palladium, em Belo Horizonte, com shows de Teresa Cristina, Maria Gadú, Diogo Nogueira, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, Fafá de Belém e ainda Daniela Mercury e Gabriel Mercury.
Todos os eventos registraram a retirada total de ingressos, resultando na arrecadação de quase 10 toneladas de alimentos, que foram distribuídas para mais de 92 instituições cadastradas no Sesc Mesa Brasil.
O Projeto agora se expande para outras cidades mineiras, levando mais cultura a diversas regiões do estado e, ao mesmo tempo, mais alimentos para quem precisa.
Sobre o Sistema Fecomércio MG
O Sistema Fecomércio MG, formado pela Fecomércio, Sesc, Senac, integrado à Confederação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), tem o objetivo de promover o comércio mineiro e contribuir, principalmente, com o desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais através da promoção da saúde, educação, cultura, do esporte, lazer e social. Além de oferecer apoio ao setor por meio de consultorias, benefícios, produtos e serviços especializados.
SERVIÇO – Mesa Brasil Musical em Uberlândia apresenta: Geraldo Azevedo e Elba Ramalho
Data: 31 de julho de 2024
Horário: 20h
Local: Center Convention – Center Shopping (Av. João Naves de Ávila, 1.331 – Uberlândia/ MG)
Ingressos: gratuitos, trocados (o par) por 4 kg de alimentos não perecíveis, mediante reserva prévia no site Sympla – https://www.sympla.com.br/evento/mesa-brasil-musical-elba-ramalho-e-geraldo-azevedo-um-encontro-inesquecivel/2543472
Classificação Etária: 10 anos

Mercado pet tem 63 milhões de consumidores em potencial nas classes C, D e E

Mais da metade dos brasileiros das classes C, D e E afirmam que pretendem adquirir algum produto para pet no próximo ano. A conclusão está no estudo “Mercado da maioria – Como a força da população de baixa renda está transformando o setor de varejo e consumo no Brasil“, realizada pela PwC Brasil e pelo Instituto Locomotiva. Os dados apontam um público consumidor em potencial de 63,3 milhões de pessoas, o equivalente a 57% dos consumidores que compõem a faixa de renda ouvida pela pesquisa,

O estudo revela que, nos últimos dez anos, 83% dos consumidores passaram a comprar mais  pelo menos uma das categorias pesquisadas. Nesse período, 46% dos brasileiros das classes C, D e E consumiram mais produtos para pets. Quando se pensa na categoria para os próximos dez anos, cerca de um terço (33%) pretende consumir mais.

Os canais de compra físicos são os preferidos pelos consumidores ouvidos pela pesquisa: 71% deles. Por outro lado, esse segmento não depende do acesso ao crédito para impulsionar as suas vendas; apenas 10% dos participantes da pesquisa comprariam mais produtos para pets se tivessem maior acesso a crédito.

Dividido entre as classes C, D e E, o mercado da maioria representa 76% da população brasileira e responde por quase metade do consumo do país. A pesquisa foi realizada com mais de 2,3 mil pessoas e contou com entrevistas por vídeo com lideranças de grandes empresas do setor de varejo e consumo.