terça-feira, julho 27, 2021
Home Eventos Programação d...

Programação da Mostra Teatro e Autoconhecimento é divulgada

A comissão organizadora da Mostra Teatro e Autoconhecimento, que é aberta para artistas, grupos teatrais de todo o Brasil e interessados no tema,  divulgou a programação do evento que tem início dia 21 e segue até o dia 24 deste mês, na internet, devido ao isolamento social causado pela pandemia de Covid-19.

Idealizada pela atriz Katia Lou, a Mostra contará com os artistas selecionados via edital e também com convidados de múltiplas áreas: teatro, xamanismo, fisioterapia, psicologia, entre outras compreendendo as seguintes atividades: 03 oficinas, 04 palestras, 03 espetáculos, 01 performance, 02 painéis e o lançamento de um curta-metragem. Participarão da Mostra como selecionados, na categoria Ações Cênicas: Chica Par(t)indo – Amanda Aloysa (MG), Deitar viva sobre a terra – Elis Ferreira (MG); Baquaqua – Wesley Cardozo (RJ) e DasÁguas – Cris Campos Sereia (MA). Na categoria Oficinas: A Arte Como Caminho – Ana Domitila (MG) e Dance Seus Ritmos – Carol MahaShakty (MG) e Painel: Me equivoquei no espaço – Delaney Antônio Pereira Junior (MG).

O evento será transmitido no canal do YouTube da atriz Katia Lou e as oficinas serão ministradas via plataforma Zoom.

Participação nas oficinas

Segundo Katia Lou, as inscrições para as oficinas foram estendidas até o dia 20 de julho e podem ser feitas por meio do link: https://forms.gle/h91TgsBb5pKwGikA9 que está disponível no link da bio do canal @katialoua no instagram . “As inscrições para a oficina programada para o dia 24 de julho (Dance Seus Ritmos) podem ser feitas até o dia 23. Serão todas gratuitas, uma ótima oportunidade para os artistas e interessados, de todo o Brasil participarem”, destaca Katia Lou.  As oficinas são: Oficina Teatro Sobre Si  – Breno Maia; A Arte como Caminho – Ana Domitila e Dance Seus Ritmos – Carol Maha Shakti.

O projeto e a remuneração dos selecionados 

A Mostra é um evento artístico-cultural que tem como foco compartilhar estudos teóricos e práticos que se localizem na intersecção entre o teatro e o autoconhecimento. “O objetivo geral da Mostra é estimular a reflexão, difusão e fruição das artes cênicas e em especial do Teatro e sua conexão com outras áreas do conhecimento e estimular a criação artística e pesquisa de novas linguagens”, complementa Katia Lou.

Realizado com os recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, o projeto irá remunerar, além dos convidados, os trabalhos selecionados via edital com os seguintes valores: R$ 1.500,00 (ações cênicas); R$ 1.300,00 (oficinas) e R$ 300,00 (painéis).

Serviço:
O quê: Mostra Teatro e Autoconhecimento
Quando: 21 a 27 de julho de 2021
Onde: No YouTube no canal Katia Lou e/ou outras plataformas associadas ao evento.
Ingresso: gratuito
Informações: @katialoua ou [email protected]br

Programação da Mostra

Dia 21/07 – Terça-Feira

19h – Roda de Conversa: Apresentação da Mostra e Bate-papo de abertura com os artistas.

Dia 22/07 –  Quarta-Feira

18h – Palestra: Autoconhecimento e Cura

Classificação: Livre

Dr. Dean Azevedo (Uberlândia-MG)

Fisioterapeuta, Mestre e Doutor em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). Especializou-se em diferentes abordagens que envolvem a relação entre mente e corpo, sendo as principais: Osteopatia, Microfisioterapia, Leitura Biológica,  Liberação Somatoemocional, Programação Neurolinguística,  Coach Integral Sistêmico,  Rebirthing e Psicoterapia do Inconsciente

19h – Palestra: Xamãs – Os contadores de  história

Classificação: Livre

Léo Artese (São Paulo-SP)

Estudioso de xamanismo e condutor de cerimônias, ritos, grupos de estudo, cursos e oficinas de xamanismo há mais de 30 anos. Criador e condutor das Jornadas Xamânicas Voo da Águia e do Movimento “Xamanismo Sem Fronteiras”, com ações em diversos estados brasileiros e em vários países.  Idealizador do Encontro Brasileiro de Xamanismo e Virada Musical Xamânica. Palestrante, comunicador e autor de livros, terapeuta holístico e contador de histórias.

20h30 – Espetáculo: DasÁguas – Sereia Cris (São Luís-MA)

Classificação: Livre

Duração: 56 minutos

Bate-papo sobre processo criativo após a exibição – Mediação Cris Lozano

Sinopse:

DasÁguas é a história da Mulher que mergulha em si mesma para não se afogar. É um show narrativo de linguagem híbrida que permeia a música, a performance, a contação de histórias e a dança. É um trabalho multilinguagem com músicas, textos e histórias autorais (intercalados com a criação de outros artistas), que aborda a questão da mulher (o feminino, a sereia, o machismo, opressão, suas expectativas, medo); da água (sua importância para existência dos seres vivos neste planeta e a relação com as divindades que habitam nos ambientes aquáticos) e do espelho (como algo que revela ou ofusca, como reflexo; espelho de Oxum, espelho do colonizador).

Ficha técnica:

Performance Solo: Cris Campos

Percussão e voz: Fernanda Preta

Percussão e cordas: Jales Carvalho

Cordas: Hugo Cesár

Bateria: Thierry Castelo Branco

Contrabaixo: Ramusyo Brasil

Direção cênica: Renata Figueiredo e Vivi Vazzi

Direção musical: Ramusyo Brasil

Dramaturgia: Cris Campos, Renata Figueiredo e Vivi Vazzi

Cenário, figurino e Direção de Arte: Aurea Maranhão

Adereços e elementos de cena: Urias de Oliveira e Emanuel Balata

Técnico de som: Cid Campelo

Criação da luz e Técnico de Luz: Lauande Aires

Fotos: Paula Barros

Câmeras: Beto Pio, Edilson Alves, Arnaldo Formiga

Edição e Finalização do Vídeo: Beto Pio

Produção: Cris Campos

Composições: Cris Campos, Marino Pinto e Paulo Soledade (domínio público)

Dia 23/07 –  Quinta-feira

17h – Palestra:  Histórias  e Autoconhecimento

Classificação: Livre

Soraya Mariani (São Paulo-SP)

Medicine Woman. Psicoterapeuta. Educadora. Autora. Pesquisadora. Moon Mother. Womb Keeper.  Idealizadora e coordenadora da Ciranda da Lua – Espaço de Desenvolvimento Humano, Bem Estar, Arte e Cultura, em S. Paulo, Brasil, do Encontro Mundial de Círculos de Mulheres e da Universidade do Sagrado Feminino.

18h30 – Estreia do Curta Metragem:

Varka, a menina que não podia dormir – Inês Peixoto (BH-MG)

Classificação: Livre

Duração: 16 minutos

Sinopse:

Inspirado no conto de Anton Tchékhov, “Varka, a menina que não podia dormir”, narra a trágica história de uma babá de 13 anos, que é obrigada a trabalhar 24 horas por dia, sofrendo maus tratos e humilhações, na Rússia, final do século XIX. Ressignificando um trabalho inicialmente criado para o Sesc Fortaleza, Inês Peixoto editou as imagens, criando um curta de 16 minutos, que nos faz refletir sobre essa exploração que atravessa séculos, constatada pelo constante aumento dos índices de exploração do trabalho infantil mundo afora. Segundo a Unicef, houve um aumento de exploração do trabalho infantil na pandemia e 160 milhões de crianças e adolescentes no mundo vivem nessas condições.

19h – Palestra: Teatro e  Autoconhecimento

Inês Peixoto

Com quase 40 anos de carreira e desde 1992 integrando o elenco do Grupo Galpão (BH), a atriz Inês Peixoto, carrega uma respeitável bagagem artística, com trabalhos no teatro, cinema e televisão, seja atuando ou dirigindo. Já foi agraciada com 12 prêmios por sua atuação em teatro e três prêmios por sua atuação em cinema. Em 2019, Inês Peixoto criou seu projeto autoral com a montagem da peça, Órfãs de Dinheiro, realizado de forma independente, em que assina a concepção, texto e figurino, com direção de Eduardo Moreira.

20h30 – Espetáculo: Chica Par(t)indo

Classificação: 12 anos

Duração: 50min

Bate-papo sobre processo criativo após a exibição – Mediação Cris Lozano

Sinopse:

Chica Benta está gestante e a qualquer momento seu bebê pode vir ao mundo. Está numa estação de trem e deseja dar à luz junto aos seus, espera que este momento aconteça quando ela chegar ao seu destino, mas… Todo o seu planejamento saí fora do controle e Chica Benta tem que se ressignificar.

Ficha Técnica:

Atuação: Amanda Aloysa – palhaça: Chica Benta

Direção: Karla Concá

Argumento: Amanda Aloysa

Dramaturgia: Amanda Aloysa e Karla Concá

Trilha sonora: Amanda Aloysa

Ensaiadora: Amanda Barbosa

Op. luz: Amanda Barbosa

Produção: Amanda Aloysa

Dia 24/07 (Sábado)

17h – Painel convidado (ao vivo): Teatro e Neurociência

Classificação: livre

Sinopse:

Compartilhamento sobre o olhar de  processos criativos sob a perspectiva da neurociência.

Kátia Bizinotto

Atriz, gestora, produtora e co-fundadora do Grupontapé, advogada com Pós-Graduação em Neurociência e Comportamento.

18h – Painel (vídeo): Me equivoquei no Espaço – Delaney Junior (BH-MG)

Classificação: Livre

Sinopse:

E no meio ao caos, encontramos alguns sonhos, nos desencontramos, viramos a esquina e ali estão elas, as ilusões, entre o voo e o pairar, ficam no ar as dúvidas, medos, anseios, desejos, o fogo e a água. É preciso que entremos em caminhos desconhecidos para que possamos nos conhecer.

Ficha Técnica:

Criação e concepção: Delaney Junior

Dramaturgia: Gustavo Faraco

Dramaturgia sonora e edição: Delaney Júnior

18h30 – Espetáculo: Baquaqua – Wesley Cardozo (Niterói-RJ)

Classificação: 10 anos

Duração: 55 min

Bate-papo sobre processo criativo após a exibição – Mediação Cris Lozano

Sinopse:

Muitos eram os negros africanos que cruzaram o Atlântico em direção ao Brasil na condição de escravizados, praticamente não existe registro autobiográfico. Mahommah Gardo Baquaqua foi uma das poucas exceções. Oriundo do atual Benin, Baquaqua escreveu aquela que até hoje é considerada a única autobiografia de um ex-escravizado que viveu no Brasil.

Ficha Técnica:

Dramaturgia: Rogério Athayde

a partir da biografia de Mahommah Gardo Baquaqua & Samuel Moore

Tradução: Robert Krueger

Direção: Aramís David Correia

Ator: Wesley Cardozo

Preparação Corporal: Tatiana Tiburcio

Direção de Produção: Dagba Produções

Produção de Set: Claudia Carnevale

Direção de Fotografia: Henrique Oliveira (Panan Filmes)

Assistente de Câmera: Vinícius Scalzilli

Figurino: Carla Costa

Assistente de Figurino: Cassia Salles

Cenário: Silvia Portugal

Cenotécnico: Rostand Albuquerque (Galpão6centos Cenografia)

Iluminação: Wilson Reiz

Direção Musical: Fabio Simões Soares

Sonorização: Anderson Silva

Programação Visual: Douglas Zacharias

Rede Social: Flavia Fontes

Visagismo: Bruno Matsolo (@barbeiroafricano)

Libras: Jadson Abraão (@jdl_traducoes)

Fotógrafa: Fernanda Dias

20h30 – Performance: Deitar viva sobre a terra – Elis Ferreira (São João del-Rei-MG)

Duração: 6:37 min

Classificação: Livre

Bate-papo sobre processo criativo após a exibição – Mediação Cris Lozano

Sinopse:

Um chamado para habitar a terra, os incômodos, os dias eternos e internos, a poeira e o barro. Nós estamos aqui.

Ficha técnica:

Concepção, performance e texto: Elis Ferreira

Edição e montagem de vídeo: Marlon de Paula

Música: Moonlight de Middle Mountain

Direção: Carolina Corrêa

Material produzido na residência artística Autoficção sensorial Apoio: Tiradentes em cena

Cristiane Guimarãeshttps://naoperdenao.com/
Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 20 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa. O blog é uma junção de tudo que ama e que acha válido de ser compartilhado. Seja bem-vindo a esta página que festeja a sua presença! Entre em Contato: [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
  • Android e muito mais

Postagens Populares

Comentários Recentes